Cigam lança integração para PicPay em seu ERP

Clientes da companhia poderão realizar pagamentos via aplicativo integrado à plataforma de gestão

A Cigam, fornecedora de software de gestão empresarial (ERP, CRM, BI, RH, PDV e Mobile), lança a integração com o PicPay, aplicativo de pagamentos do Brasil, em seu ERP. A iniciativa vem ao encontro de mais um passo importante rumo à digitalização da economia nacional, já que o Banco Central (BC), no dia 15/06, por meio da Circular 4.027, instituiu oficialmente que o Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI), pode “acabar” com as transações de TED e DOC.

O PicPay é um aplicativo disponível para download em celulares Android e iPhone que funciona como uma carteira digital. O programa permite fazer compras pelo smartphone com cartão de crédito ou valor de transferência. A plataforma concentra mais de 13,4 milhões de usuários, girando R$ 1 bilhão em transações/mês e em mais de 1,5 milhão de estabelecimentos.

Ambos os sistemas integram o PIX, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central que pretende atender a demanda por pagamentos rápidos, baratos e seguros, similar à criptomoedas. O SPI é a infraestrutura centralizada de liquidação bruta em tempo real de pagamentos instantâneos que resultam em transferências de fundos entre seus participantes titulares de Conta Pagamentos Instantâneos (Conta PI) no Banco Central do Brasil.

“Com a integração PicPay, a operação dentro da nossa plataforma fica similar a qualquer outra forma de pagamento, como o cartão de crédito. O cliente pode pagar via leitor de QR Code ou pelo push via dispositivo móvel, debitando diretamente do saldo, agilizando e proporcionando uma experiência ímpar para o usuário. Já tínhamos uma arquitetura para pagamentos instantâneos e estávamos preparados para a normativa do Banco Central”, afirma Luis Rogério Dupont, diretor de Produto e Suporte da Cigam.

OPEN BANKING

A Cigam também realizou a integração da sua plataforma com Open Banking. Todo o processo está sendo feito em conjunto com os principais bancos, integrado com as APIs (Interface de Programação de Aplicações) já disponíveis, preparando-se para automatizar todas as transações no ambiente Open Banking. A solução permite que o usuário realize transações de qualquer instituição financeira cadastrada dentro do ambiente de seu ERP, evitando retrabalhos e otimizando processos. Em média, tarefas que teriam mais de 6h de operação semanal envolvida foram reduzidas para 5 minutos com a integração.

 

Fonte: InforChannel

15 de julho de 2020

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias