Como PMEs do Varejo devem se estruturar para atender à demanda com o Pix

Novo meio de pagamento deve exigir soluções de conectividade de alta performance para absorver o número de transações online

O PIX, novo meio de pagamento criado pelo Banco Central, deve mudar o cenário de transações bancárias por todo o País, permitindo que pagamentos e transferências sejam feitas em segundos, em qualquer dia da semana, com recebimento imediato. A novidade é tendência forte e bastante vantajosa para pequenos negócios, por seu baixo custo (com isenção de tarifas para MEIs) e pela facilidade e agilidade do pagamento em segundos.

Mas como os pequenos negócios devem se estruturar para essa nova forma de receber dinheiro e o que muda, de fato, no dia a dia dos estabelecimentos comerciais?

Para Arnaldo Mapelli, gerente comercial da Zyxel, multinacional taiwanesa especializada em soluções de conectividade e redes corporativas, os estabelecimentos precisarão oferecer uma conexão de internet segura e estável para garantir esses recebimentos e é importante estruturar o TI para receber essa demanda.

“Um restaurante ou uma loja, por exemplo, pode receber diversas transações ao mesmo tempo. Para evitar transtornos, o empreendedor precisa assegurar que todos os clientes possam se conectar à sua rede para realizar os pagamentos e ainda, ter essa rede bem estruturada para poder gerar QR Codes dinâmicos e personalizados de acordo com o tipo e valor de venda. Vale dizer que o próprio estabelecimento também poderá conduzir seus pagamentos a fornecedores a partir da mesma dinâmica”, explica o executivo.

Pode parecer complexo, mas apenas a implementação de access points profissionais já devem ser suficiente para trazer a performance necessária para o bom desempenho nessas transações. Esse tipo de solução simples, porém robusta, não requer a contratação de um profissional para sua implementação, suporta conexão de diversos usuários simultâneos e ainda tem capacidade para wi-fi 6, o que já garante o bom desempenho de internet, com sinal que se ajusta de acordo com o ambiente em que está localizado.

Além de garantir o ganho de conectividade e aumento do desempenho da internet, o access point possui tecnologia de gerenciamento escalável, permitindo o controle local e à distância. A solução também monitora e adapta continuamente todas as conexões a todos os dispositivos, evitando inconsistências na conexão a partir de uma antena inteligente. A rede também pode ser gerenciada na nuvem, com plataforma unificada e intuitiva que traz ainda mais praticidade para o processo de gestão.

 

Fonte: InforChannel

13 de outubro de 2020

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias