Grupo de privacidade de dados da Assespro-RS chega a 90 membros e discute o Guia Prático de LGPD

Com 90 membros cadastrados, o Grupo Assespro-RS de Segurança e Privacidade de Dados realizou sua quarta reunião nesta quarta-feira (13) na sede da associação para atualização e troca de informações sobre temas ligados à implementação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), que entrará em vigor em agosto de 2020.

No encontro, o diretor de segurança da informação e privacidade, Paulo Rogério de Oliveira, que também é instrutor da certificação para Encarregado de Dados (DPO) da Assespro-RS, apresentou o Guia Prático de Adequação à LGPD, documento público e consistente, elaborado ao longo de sete meses por mais de 20 especialistas de diferentes áreas do conhecimento e regiões do Brasil.

Ele destacou algumas verticais tratadas do Guia, que possui mais de 100 páginas, como perímetro, software, endpoint, conscientização (cursos, e-mails educativos, palestras e treinamentos), gestão da identidade, inteligência e operação, governança e auditoria e legal e política. Também compartilhou exemplos práticos na implementação da LGPD, como mapas de maturidade, gestão de riscos, política de treinamento e cronograma e plano de conformidade com a LGPD.

Coordenado pelo ex-presidente da Assespro-RS, Reges Bronzatti, o Grupo Assespro-RS de Segurança e Privacidade de Dados busca ser a referência de profissionais em LGPD no Rio Grande do Sul. Por meio de reuniões mensais, atua no compartilhamento do conhecimento através de workshop, seminários, congressos, palestras e cursos.

O Grupo é aberto a qualquer pessoa, que deve contribuir com um valor semestral. Para membros de empresas associadas da Assespro-RS, o valor é reduzido em 50%. A inscrição pode ser feita pela ficha de adesão disponível neste link: www.assespro-rs.org.br/segurancaeprivacidade.

“A evolução do Grupo tem sido fantástica. Em menos de cinco meses, aumentamos o número de adesões em 80%. Além disso, os temas discutidos estão cada vez mais profundos e amplos”, destaca Reges Bronzatti, coordenador do Grupo.

Em 2020, o Grupo vai contar com 12 facilitadores. A cada encontro, haverá um líder responsável por organizar o tema principal de discussão e estudo. Entre os assuntos que deverão ser aprofundados estão herança digital, gestão de riscos, relatório de impacto segundo a LGPD, frameworks de segurança da informação como ISO 27001 e cyberinsurance.

“O Grupo é cada vez mais multidisciplinar, formado por advogados, profissionais de TI, acadêmicos, gestores de RH, CIOs e empreendedores digitais. Isso mostra que há muito espaço para expansão e debate sobre temas que segurança e privacidade nos trazem”, conclui Bronzatti.

Fonte: Vicente Medeiros

14 de novembro de 2019

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias