Mercado de robôs domésticos atingirão 74 milhões de unidades em 2024

Um novo estudo da Juniper Research descobriu que mais de 74 milhões de robôs de consumo serão embarcados em 2024, contra cerca de 28 milhões em 2019. Ele prevê que o foco dos fornecedores em recursos educacionais em robôs de consumo, como como ferramentas de codificação, e adicionar recursos aos intervalos de dispositivos estabelecidos aumentará a proposta de valor do consumidor; impulsionando o crescimento da adoção de robótica de consumo nos próximos 5 anos.

A nova pesquisa, “Consumer Robotics: Análise Setorial, Inovadores Líderes e Previsões de Mercado 2019-2024”, constatou que os embarques de robótica doméstica, incluindo aspiradores de robôs, esfregões e cortadores de grama, devem atingir 74 milhões em 2024, contra apenas 19 milhões em 2019. A empresa prevê que o segmento de assistência doméstica será responsável por quase dois terços das remessas globais de robótica de consumo até 2024.

A pesquisa pediu aos fornecedores de robótica de consumo para diversificar seus serviços, adicionando novos recursos atraentes para seus robôs domésticos. A empresa identificou novos recursos, como manutenção de jardins e compatibilidade com casas inteligentes, como áreas emergentes que proporcionarão uma demanda crescente dos usuários finais do setor.

O autor da pesquisa Michael Larner explicou que “com as mudanças altamente visíveis no mercado de robótica, os fornecedores estão procurando uma maneira de garantir seu futuro. Os vencedores serão os fabricantes que criarão as propostas de longo prazo mais valiosas para os usuários, o que justifica seus altos preços solicitados oferecendo um abrangente portfólio de serviços”.

Fornecedores devem explorar modelos de assinatura futuros

A pesquisa sugere que os fornecedores no espaço explorem futuros modelos de assinatura para acesso a serviços de robótica, a fim de gerar receitas recorrentes de seus produtos; permitindo que esses fornecedores invistam ainda mais em recursos de segurança cibernética.

Entretanto, para justificar o aproveitamento desse custo recorrente para os usuários finais, a pesquisa previu que a inclusão de novos serviços, incluindo a integração com assistentes digitais de voz, era essencial para maximizar a proposição de valor e promover a confiança entre os consumidores das capacidades de longo prazo dos dispositivos robóticos de consumo.

Fonte: TI Inside

06 de agosto de 2019

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias