Plataforma Accera alavanca eficiência da logística do mercado varejista

Fundada em 2002 em São Leopoldo, cidade e polo universitário próxima de Porto Alegre, a Accera está num momento de forte expansão, após a aquisição da TradeForce em agosto ano passado, que lhe abriu portas em mais de 20 países. Em 2015, já havia feito um aporte na Visor.

Ela também acaba de receber um investimento de R$ 18 milhões do Finep para aperfeiçoar o desenvolvimento de algoritmos e da tecnologia de logísticas que conecta mais de 2.000 canais de distribuição, entre varejos e distribuidores, para disponibilizar indicadores de abastecimento de gôndola; produto mal posicionado ou com preço incorreto; gestão de estoque e perdas, gestão de categorias, entre outros.

Com mais de 200 milhões de produtos (SKUs)  em sua base de dados que acumula mais de 100 TB, a empresa atende gigantes como Nívea, Kimberly-Clark, Nestlé-DPA, Heineken, Reckitt , BRF e Red Bull, entre outras.

Composta pelos executivos fundadores e Innova Capital (40% de participação) ela cresceu 59% faturamento no último ano, com receitas de R$ 42 milhões, segundo estimativas de mercado. Esse desempenho foi um dos principais motivos pela qual a fundação Endeavor em setembro passado escolher a Accera para fazer parte de seu programa de apoio a empreendedorismo.

O varejo brasileiro movimenta mais de R$ 500 bilhões e os indicadores da Accera apontam um índice médio de 18% de indisponibilidade de produtos nas gôndolas – o que representa um grande problema para todos os elos da cadeia (indústrias e varejos) e, sobretudo, para o consumidor. “Buscamos sempre aumentar a relevância de nossa atuação no mercado, agregando inteligência às informações coletadas nos pontos de vendas e direcionando a execução perfeita”, diz Cristhiano Faé, CEO da Accera.

Ele explica que a empresa conta uma equipe de profissionais especializados e motivados para dar suporte a esse desafio e crescimento, pois cada vez mais os clientes de varejo utilizam os indicadores de venda, de estoque, de disponibilidade de produtos na gondola, entre outros. “Hoje o metro quadrado mais caro do país é da prateleira do supermercado”, enfatiza.

Além das questões logísticas, a Accera tem um aplicativo na mão da força de vendas, que não só permite supervisionar o roteiro do colaborador e auditoria das vendas, mas também fornecer informações antecipadas para o mesmo, a fim de que ao chegar ao ponto de venda, já tenha u diagnóstico dos procedimentos a serem adotados, gerando dessa forma mais eficiência aos promotores das marcas.

A previsibilidade para varejistas é outra ferramenta que a empresas está disponibilizando para seus clientes, não só composto de grandes marcas, mas de um grande número de atacadistas e distribuidores, conectados através da sua plataforma.

Fonte: TI Inside

14 de outubro de 2018

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias