Projetos participantes do Pacto Alegre apresentam resultados

Projetos que integram o Pacto Alegre apresentaram seus resultados nesta terça-feira (3), em evento realizado no 4º Distrito, na Capital gaúcha. A ação marcou a etapa final do primeiro ciclo da iniciativa, da prefeitura de Porto Alegre, de incentivo à inovação.
Entre os projetos participantes, o Crowdfunding – idealizado pela equipe do Badesul, agência estadual de fomento – recebeu destaque. O assessor de Investimentos e Participação do Badesul, Elias Graziottin Rigon, explica que o projeto envolve a utilização de plataformas de crowdfunding para investir em startups. A ideia surgiu a partir da percepção de que muitas startups não conseguem chegar aos fundos de investimento. O recurso de equity crowdfunding, que permite apoiar uma empresa e receber uma participação, auxilia a startup ainda nos momentos iniciais.
Já o projeto Saúde Digital planeja integrar os dados da rede de saúde de Porto Alegre. Segundo os idealizadores, Ana Paula Muller e Mário Steffen, a ideia é otimizar o sistema para disponibilizar os registros dos pacientes nos hospitais da Capital.
Segundo o coordenador da iniciativa, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, todos os participantes apresentaram resultados práticos. “Fizemos essa seção aberta para que fosse percebido que essas entregas já impactam na vida das pessoas”, explica.
O Pacto Alegre foi idealizado pela prefeitura e entidades empresariais para, a partir de parcerias e compartilhamento de recursos, criar condições para que a Capital desenvolva a inovação, atraia investimentos e promova o empreendedorismo. Um total de 24 projetos foi desenvolvido ao longo dos últimos seis meses para resolver seis macrodesafios: talentos, transformação urbana, ambiente de negócios, imagem da cidade, qualidade de vida e modernização da administração pública.
O evento de apresentação de resultados teve ainda participação do professor Josep Piqué, que liderou a transformação em Barcelona, na Espanha, e atua como consultor internacional do Pacto Alegre na Capital. Segundo ele, o diferencial de Porto Alegre é a criação de uma aliança a partir do sistema universitário em conjunto com o governo. “Não é só um manifesto, mas sim uma resposta a desafios. Está sendo construído um projeto que é muito importante”, destaca Piqué.
Nesta quinta-feira (5), ocorre a reunião da mesa do Pacto Alegre, composta por 85 entidades, com o prefeito Nelson Marchezan Jr. O encontro deve decidir os projetos que terão continuidade e os que serão interrompidos, além de perspectivas de uma nova agenda de projetos.
Fonte: Jornal do Comércio
04 de dezembro de 2019

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias