SKA agora também é Dassault Systemes

A SKA, empresa de soluções para engenharia que já é a maior parceira da SolidWorks no país, agora também começou a trabalhar com outros produtos da Dassault Systemes focados em operações mais complexas.

A linha de produtos SolidWorks, adquirida pela Dassault Systemes ainda nos anos 90, foca em organizações de pequeno e médio porte na área de engenharia, enquanto produtos da Dassault como Catia, Enovia e Simulia focam nas necessidades de design, gestão de ciclo de vida de produto e simulação para grandes organizações, em áreas como defesa e aeroespacial.

Das 12 verticais da Dassault Systemes, a SKA se concentrará nos mercados de equipamentos industriais e transporte e mobilidade, nos quais já tem uma base de clientes representativa.

“Estamos prontos para atender as necessidades mais complexas dos nossos clientes”, afirma Siegfried Koelln, diretor da SKA.

A Dassault Systemes trabalha com um tipo de canais para o produto SolidWorks e outros para a linha Dassault (nos quais também faz vendas diretas), o que torna o caso da SKA uma situação especial.

Recentemente, no SolidWorks World 2018, evento mundial da empresa realizado em Los Angeles, nos Estados Unidos, a SKA levou o prêmio de maior revenda na América Latina.

O primeiro prêmio é recorrente: a SKA foi a maior revenda da América Latina quase todos os anos desde 2006, quando a empresa deixou de vender os softwares da Autodesk e passou a vender SolidWorks, em um acordo fechado com a cúpula da empresa.

No ano passado, a SKA cresceu 20%, atingindo um faturamento de R$ 62 milhões.

Desse total, 40% vem dos produtos SolidWorks, 15% de impressão 3D e o restante de outras soluções como Lantek, da área de software para empresas de manufatura, Edgecam, especialista em software para usinagem e Visi, de estamparia, entre outros.

A base instalada de equipamentos da Stratasys da SKA já é de 150 máquinas.

Um pouco antes do SOlidWorks World, Koelln esteve na sede da Desktop Metal, em Boston, e fechou um acordo para se tornar a primeira distribuidora das impressoras 3D da empresa no país.

A companhia é criadora de uma tecnologia para impressão de peças em metal, e já levantou US$ 212 milhões junto a uma série de investidores incluindo Google, BMW, Stratasys e GE.

\”A tecnologia deles vai revolucionar o universo da manufatura\”, garante Koelln.

Fonte: Baguete

20 de fevereiro de 2018

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias