Teletrabalho: incidentes de segurança crescem mais de 25% no Brasil

Uma pesquisa global realizada pelo OTRS Group identificou que mais da metade dos entrevistados (55%) afirmou que os incidentes críticos de segurança em sua empresa aumentaram em até 25% como resultado da troca para o escritório em casa. No Brasil, 48% dos entrevistados tiveram aumento de 25% de incidentes e 12% dos respondentes tiveram mais de 50% de aumento de incidentes.

Dos entrevistados, 80% afirmaram que estavam mais preocupados com a segurança de TI durante o Covid-19. Destes, 29% justificaram afirmando que as redes domésticas não são tão seguras quanto no escritório. O segundo motivo citado com mais frequência (25%) é que os funcionários no escritório doméstico misturam a vida privada com a profissional, o que pode tornar ainda mais fácil para os invasores obterem acesso a informações confidenciais.

No Brasil, o principal motivo foi a mistura da vida privada com a profissional, escolhido por mais de 37% dos executivos. O segundo critério foi o suporte de TI limitado, escolhido por 22% dos executivos. Em terceiro lugar, eleito por 19% foi a falta de segurança nas redes residenciais.

Dos 20% que não estavam preocupados com a segurança de TI, quase metade (48%) disse que sua empresa estava bem preparada e todos os funcionários haviam sido treinados em segurança de TI. No Brasil, 65% dos executivos afirmaram a mesma razão.

 

Fonte: Convergência Digital

22 de outubro de 2020

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias