Web Summit: mais do que um evento

Alguns eventos têm o potencial de transformar totalmente uma cidade, região ou país. A Olimpíada de 1992, por exemplo, trouxe avanços espetaculares para Barcelona, na Espanha, que se tornou uma nova e próspera cidade. Não muito longe dali, o maior encontro mundial de inovação, a Web Summit, vem mudando a realidade de Lisboa. Somente em 2019, foram mais de 70 mil visitantes de 163 países e mais de 124 milhões de euros movimentados.

Com o distanciamento provocado pela pandemia, a edição de 2020 foi ainda maior: nada menos do que 104 mil participantes online. Esses movimentos tiveram participação importante no crescimento do ecossistema de inovação de Portugal que, nos últimos anos, passou a receber grandes players globais. Por isso, a decisão sobre a sede sul-americana do evento traz grande expectativa afinal, a partir de 2022, ele poderá acontecer em Porto Alegre.

O impacto que o Web Summit traria ao Rio Grande do Sul é extraordinário, podendo beneficiar inúmeros setores. A começar por nosso ecossistema de inovação: em solo gaúcho estão presentes mais de mil startups, adiantando as revoluções digitais e tecnológicas. Um evento dessa magnitude daria maior impulso ao setor, nos colocando em contato direto com o que há de mais avançado em ideias e tecnologia. Nossa Capital poderá ser um hub de inovação, referência para todo o mundo.

E esses avanços não ficam restritos apenas às startups: as transformações digitais beneficiam diversos setores, que vão da indústria ao agro, do comércio aos serviços. Todas as cadeias produtivas poderiam se beneficiar.

Além disso, a conferência movimentaria também o turismo, hotelaria, gastronomia e transportes, para atender todos os visitantes. Sem contar o impacto na arrecadação de tributos, repercutindo em mais investimentos para a população. Assim, é essencial que toda a sociedade civil, empreendedores, universidades e, também, outros municípios gaúchos se unam para que o Web Summit possa acontecer em Porto Alegre.

O evento pode não ser uma Olimpíada, mas seu potencial transformador é tão grande quanto. Mais do que um evento, é uma oportunidade única para o desenvolvimento da Capital e de todo o Rio Grande do Sul. Será o encontro definitivo de Porto Alegre com a inovação e o futuro.

 

Fonte: Jornal do Comércio

14 de dezembro de 2020

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias