70% das empresas gaúchas têm vulnerabilidades na segurança

Sete em cada 10 companhias gaúchas têm, pelo menos, três vulnerabilidades que apresentam riscos à segurança da informação – e consequentemente ao seu negócio. Esse dado compõe um estudo realizado pela Netfive, empresa com foco na segurança da informação e serviços de TI, com 100 empresas gaúchas de médio e grande porte.
 
O levantamento também mostra que a cada 20 empresas do Rio Grande do Sul, uma apresenta algum tipo de vulnerabilidade com alto poder de dano e de fácil exploração.
 
O CEO da Netfive, Henrique Schneider, comenta que os relatórios internacionais mostram que os ciberataques estão entre as ameaças mais preocupantes para as empresas e trabalhar para reduzi-las é investir na manutenção do seu negócio.
 
“Essas ameaças precisam de monitoramento constante e a adoção de medidas técnicas e organizacionais que reduzam o risco a níveis aceitáveis”, afirma
 
Outro número trazido pelo estudo é que 30% das empresas sabem que foi vítima de ataque cibernético. “É possível que a organização ainda não tenha detectado ou que o ataque não tenha causado nenhuma interrupção nos serviços, como, por exemplo, um vazamento de dados. Este número, infelizmente, tende a aumentar”, aponta Schneider.
 
A Netfive trabalha com foco na popularização da segurança da informação na região Sul, com uma metodologia adaptável e que atende pequenas, médias e grandes empresas.
 
 
  • Fonte: Jornal do Comércio
  • Imagem: Jornal do Comércio
  • 20 de outubro de 2021

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias