70% dos departamentos jurídicos não investem em transformação digital, diz relatório

Mais de 70% dos departamentos jurídicos dos EUA em empresas de vários setores da indústria não fizeram nenhum investimento em transformação digital nos últimos dois anos, de acordo com um relatório conjunto da Association of Corporate Counsel (ACC) e da empresa de tecnologia jurídica Disco.

O relatório captura insights de uma pesquisa com 278 líderes de departamentos jurídicos e profissionais de operações jurídicas e mostra que empresas maiores estavam mais abertas a iniciativas de transformação do que as menores.

Os entrevistados da pesquisa de cerca de metade das empresas com receita inferior a US$ 1 bilhão disseram que não investiram ou fizeram apenas um investimento mínimo em transformação digital, de acordo com o relatório. Os entrevistados de apenas 7% das empresas desse porte relataram fazer investimentos significativos em transformação digital.

Trinta e quatro por cento dos entrevistados de empresas com receita de US$ 1 bilhão a US$ 10 bilhões disseram que não fizeram nenhum investimento ou fizeram um investimento mínimo em transformação digital, com 10% dos entrevistados nesta categoria relatando investimentos significativos em transformação.

Por outro lado, os respondentes de 9% das empresas entrevistadas com receita de mais de US$ 10 bilhões disseram que fizeram investimentos mínimos ou nenhum investimento em transformação digital, e 17% dos entrevistados nesta categoria relataram fazer investimentos significativos em transformação digital.

Resistência à mudança e falta de orçamento são as principais barreiras à transformação

A resistência à mudança e a falta de orçamento foram as principais barreiras à transformação digital nesses departamentos jurídicos. Mais de 70% dos entrevistados que disseram que seus departamentos não fizeram nenhum investimento em iniciativas de transformação explicaram que estavam satisfeitos com a forma como o trabalho relacionado a litígios é feito atualmente. Desses entrevistados, mais de 35% citaram a falta de orçamento como o segundo maior motivo para a falta de foco na transformação digital, seguido por questões como falta de estratégia de longo prazo, falta de apoio executivo para a transformação e falta de experiência em transformação.

Mais de 76% dos departamentos pesquisados disseram que obter a combinação certa de talentos junto com a tecnologia certa é fundamental para atender às crescentes demandas dos negócios. Cerca de 4% desses entrevistados expressaram ceticismo sobre a tecnologia ser um trunfo para melhorar os resultados de litígios e investigações internas.

Principais iniciativas são transformação de dados e gerenciamento de projetos

A gestão de dados e de projetos foram classificadas como as principais iniciativas de transformação por 30% dos entrevistados que disseram ter feito algum investimento em transformação digital nos últimos dois anos. Mais de 65% desses entrevistados disseram que o gerenciamento de dados e a governança da informação eram sua principal prioridade quando se tratava de transformar digitalmente, seguidos por 47% dos entrevistados dizendo que o gerenciamento de projetos jurídicos era outra área de foco importante.

Outras áreas de foco incluem análises e relatórios de desempenho, automação e e-discovery – uso de meios eletrônicos para coletar e trocar informações sobre evidências.

Os departamentos jurídicos que investiram em iniciativas de transformação digital disseram que colheram benefícios como maior eficiência, economia de custos, aumento de produtividade, minimização de riscos e maiores chances de melhores resultados em litígios.

Pelo menos 48% dos entrevistados que disseram ter feito investimentos em iniciativas de transformação classificaram o aumento da eficiência como o benefício mais imediato de seus gastos.

Cerca de 35% desses entrevistados citaram economia de custos, seguidos por 28% relatando resultados positivos em gerenciamento de dados e segurança como benefícios das iniciativas de transformação, de acordo com a pesquisa.

Quase 13% desses entrevistados disseram que viram uma chance maior de melhores resultados de litígio após a realização de projetos de transformação digital.

 

  • Fonte: ITForum.com.br
  • Imagem: Freepik
  • 21 de setembro de 2022

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias