Da Irlanda, presidente da Assespro-RS participa da 190ª reunião da ULFRO

O presidente da Assespro-RS, Julio Ferst, foi convidado para participar virtualmente da 190ª reunião ordinária da União dos Legislativos da Fronteira Oeste (ULFRO), que ocorreu na manhã desta sexta-feira (18) na Câmara de Vereadores de Alegrete. A ULFRO congrega 13 municípios: Alegrete, Barra do Quaraí, Itaqui, Maçambará, Manoel Viana, Quaraí, Rosário do Sul, São Gabriel, Sant’Ana do Livramento, Santa Margarida do Sul, São Borja, Vila Nova do Sul e Uruguaiana.

De Dublin, na Irlanda, Ferst falou sobre uma série de assuntos ligados à segurança da informação, tecnologias e inovações, passando por temas como energias renováveis, cidades inteligentes, sustentabilidade e preocupação ambiental, com ênfase na humanização da tecnologia. “A questão humana precisa estar no topo da lista quando se fala em tecnologia”, apontou.

O presidente provocou algumas reflexões nos participantes a respeito da situação local dos municípios da fronteira, como o caso da evasão da população e a retenção de talentos, em que jovens com potencial de criar inovações na sua cidade acabam se mudando para grandes centros. Também destacou a necessidade de se diminuir o espaço entre a população e a gestão pública. “Às vezes a administração pública acredita que manda na cidade, mas é preciso ouvir a população, melhorar a acessibilidade, melhorar softwares instalados na gestão pública, facilitar para que pequenos empreendedores possam conseguir seu alvará de funcionamento a partir de uma simples página no site da prefeitura”, observou.

Nesse sentido, reforçou o papel da gestão pública em olhar para seus próprios dados com intuito de melhor conhecer a realidade da sua população e, com isso, criar mecanismos que facilitem o desenvolvimento da inovação. Como exemplo, apontou o caso de Alegrete, em que há grande percentual de pequenos empreendedores e que pode significar uma vocação para a indústria criativa.

Por último, Ferst comentou sobre a necessidade de fazer com que o cidadão tenha paixão pela própria cidade. “Temos que fazer com que as pessoas dêem valor para o local onde vivem e a inovação tecnológica tem grande contribuição para isso”. 

 

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias