Grupo RHTI

Com ambiente flexível e colaborativo, o Grupo RHTI da Assespro-RS desenvolve práticas na Gestão de Recursos Humanos voltadas para desafios encontrados nas empresas de TI há cinco anos.

Os temas abordados sugerem uma comunicação aberta e eficaz com os participantes para a obtenção de resultados positivos nas suas respectivas empresas. Com a interação dos RHs e compartilhamento de informações para garantir melhores práticas de gestão, o grupo busca tornar-se referência de RH no mercado de TI. 

Ficha de Adesão para participar do Grupo –  CLIQUE AQUI


Temas abordados recentemente

Projetos

  • Capacitação de talentos;
  • Benefícios flexíveis;
  • Como mensurar a produtividade em home office;
  • Metodologias ágeis aplicadas ao RH;
  • Liderança e gestão em home Office;
  • Cultura e diversidade.

Objetivos

Aproximar profissionais de RH das empresas associadas da ASSESPRO-RS  para abordarem os desafios do setor de TI e práticas de eficiência em gestão de pessoas, a fim de auxiliar estrategicamente as empresas nos seus processos de Recursos Humanos.


Propósitos

  • Compartilhar conhecimento através da troca de informações;
  • Criar integração nos RHs das empresas;
  • Aprimorar políticas de gestão de pessoas;  
  • Promover a aplicação das melhores praticas de RH dentro das empresas;
  • Colaborar estrategicamente com a gestão de pessoas nas empresas, visando atrair, desenvolver e manter os recursos humanos.

Formato
  • Encontros mensais,
  • Terceiras terças-feiras de cada mês.
  • Das 9h às 10h30 na modalidade online (em consequência das medidas de isolamento social – Modalidade TEMPORÁRIA)

Novos integrantes: O grupo estará aberto para receber novas empresas/integrantes para participar do grupo, desde que não ultrapasse 50 empresas associadas.


Quem pode participar?

As empresas associadas da ASSESPRO-RS participarão através de seus profissionais de RH atuantes do setor de TI da empresa, ou profissionais que sejam responsáveis pelo RH. 

A vaga para participar do Grupo pertence a empresa, caso o profissional inicialmente  inscrito venha a se afastar, a empresa então poderá indicar outro profissional.          

Ficha de Adesão para participar do Grupo –  CLIQUE AQUI


Veja o Recorte do Encontro de Outubro de 2021! – Do RH Tradicional ao RH Ágil

Em novembro, o encontro virtual do Grupo RHTI da Assespro-RS recebeu o palestrante e especialista em aprendizagem colaborativa João Paulo Coutinho na terça-feira (16) para falar sobre o tema “Do RH tradicional ao RH ágil: o que muda?”.

Coutinho destacou que somos uma geração que está participando de uma mudança de era e com vários elementos em transição, como propósito, liderança distribuída, liberdade e confiança, experimentação, aprendizado contínuo e transparência total. Nesse contexto, é fundamental mudar nosso mindset, o que impacta diretamente na forma como atuamos.

“Cada vez mais ouviremos falar sobre redução de custos, lançamento de novos produtos e negócios, economia colaborativa, visão do cliente estimulada em todos os colaboradores e liderança das empresas em forte questionamento”, observou.

Para Coutinho, essas mudanças elevaram nossa necessidade de se adaptar, fazendo com que uma série de novas medidas passassem a ser reformuladas. Entre elas, a tomada de decisão, que precisa ser cada vez mais rápida e nem sempre estará baseada em fatos e dados; o modo de pensar, que não poderá mais ser de modo linear e estruturado; a ansiedade, que passa a ser um estado emocional presente e comum; o errar e corrigir rápido, que passa a ser uma premissa; e a necessidade de reaprender novas formas de operar e pensar que tudo está sempre mudando.

Nesse âmbito, a área de gestão de pessoas também evoluiu. Saiu de um modelo burocrático, passando por um RH gestor de talentos, business partner e, por fim, um modelo de RH digital e ágil, com união entre pessoas e tecnologias para o sucesso das empresas.

Por fim, o convidado apresentou o manifesto ágil e também o manifesto ágil do RH, criado em 2016 e que traz seis valores e seis princípios, como mais redes colaborativas, transparência, adaptabilidade, inspiração e engajamento, motivação intrínseca e ambição.

“Uma dica de ouro é mapear os processos. Certamente existem coisas que não agregam valor e isso precisa ser feito junto com pessoas que vivem o seu processo”, concluiu.

 

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias