Sabemi compartilha experiências sobre adequação à LGPD

Assespro-RS recebeu, virtualmente, a DPO da Sabemi, Benicia Montelli, para falar sobre a prática de adequar uma organização à LGPD

Buscar uma formação mais aprofundada sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) foi a primeira iniciativa da Sabemi no caminho de adequação à nova lei. Por isso, a colaboradora designada como DPO (Data Protection Officer, ou Oficial de Proteção de Dados, em português), Benicia Montelli, participou da capacitação da Assespro-RS (Certificação DPO LGPD) em dezembro de 2019 e de uma série de outras qualificações acerca do tema para dar início, na prática, às mudanças necessárias na empresa. A Assespro-RS recebeu a representante da Sabemi, na quarta-feira (15), virtualmente, para falar sobre suas experiências e as ações da seguradora dessa adequação.

 Entre as primeiras ações desenvolvidas pela Sabemi para alinhar seus processos à nova legislação, a contratação de uma mentoria externa, que auxiliou na elaboração de um diagnóstico e no aculturamento das equipes sobre LGPD. A empresa criou uma marca e um programa específico para este fim, que contemplou a realização de workshops, podcasts, palestras, publicação da Política de Privacidade, e-books, inserção do tema no Código de Conduta da Sabemi, criação de conteúdos no blog, canais internos para tirar dúvidas, gamificação com premiações e comunicados nas redes sociais.

 “LGPD é um tema extremamente novo. Estamos em fase de aprendizado. Ninguém sabe tudo e muitas coisas estão sendo testadas. A própria ANPD está em fase de regulamentação de muitos aspectos sobre essa nova e importante legislação”, destacou Benicia. Para ela, além de conhecer a legislação, algumas características são importantes para atuação do DPO, como multidisciplinaridade, facilidade de relacionamento, habilidade na comunicação, visão sistêmica, disciplina, organização, criatividade e humildade.

 Os maiores desafios para a implementação da LGPD numa organização, segundo a DPO da Sabemi, são manter uma comunicação transparente e assertiva, esclarecer para os colaboradores a conexão da LGPD com o negócio e reforçar o engajamento sobre a importância da privacidade e da proteção de dados pessoais para a melhor adequação das boas práticas.

 A criatividade e o uso da linguagem simples são algumas dicas para que as ações educativas sejam mais eficazes. Além disso, buscar apoiadores das áreas internas e utilizar ferramentas já existentes dentro da empresa. Rede social interna, integração de novos colaboradores e exemplos das práticas do dia a dia e todos os espaços onde é possível estabelecer conexões com o tema LGPD devem ser explorados ao máximo.

 

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias