Senado vota desoneração da folha de pagamentos nesta quinta

Após reunião com entidades e empresários dos setores que mais empregam no País, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, se comprometeu a colocar em votação, na próxima quinta-feira, 9, o projeto que prorroga até 2023 a desoneração da folha de pagamento, que acabaria em 31 de dezembro.

Contemplando o setor de TI, entre outros, a proposta permite que as empresas possam contribuir para a Previdência Social com um percentual que varia de 1% a 4,5% sobre o faturamento bruto, em vez de 20% sobre a remuneração dos funcionários.

“O setor de tecnologia, representado pela Federação Assespro, e os outros 16 setores que são impactados com muita formação e geração de emprego e renda teve a confirmação de que o projeto [da desoneração] vai para votação e teremos essa grande vitória”, afirma Italo Nogueira, presidente da Assespro Nacional.

Segundo Nogueira, a decisão é positiva, pois permite que as empresas tenham segurança em prever os custos que terão num projeto de curto e médio prazos. “Mostramos que, caso a área de TI não faça parte da política de desoneração, haverá redução de dezenas de milhares de postos de empregos, queda na arrecadação e impacto negativo nas exportações do setor, que têm crescido nos últimos anos”, argumenta.

“Há um compromisso nosso da Presidência, e eu acredito com a colaboração, senão unânime, de uma grande maioria do Senado Federal, que tenhamos a apreciação no plenário do Senado ainda essa semana”, diz Pacheco, em comunicado.

 

  • Fonte: TI Inside.com.br
  • Imagem: Freepik
  • 07 de dezembro de 2021

NOTÍCIAS RECENTES

Associados

Parceiros

Assessorias